domingo, 30 de março de 2014

▬ Liga da Justiça - Escada Para o Céu ( JLA: Heaven´s Ladder)

Roteiro: Mark Waid
Desenhos: Bryan Hitch

Fantástico. É sem dúvida uma das melhores HQs que tive a oportunidade de ler.

Na trama os primeiros seres do universo, equivalentes a deuses da criação, descobrem que seu ciclo de vida está terminando. E aí fica a questão: para onde vão os deuses quando morrem? Ou melhor: para onde todos nós vamos? Com medo disso eles acabam raptando diversos planetas, incluindo a Terra. O objetivo deles é saber o que cada raça pensa sobre a vida, morte e o que acontece depois. Eles querem ter todas as informações do universo para poderem criar um paraíso para si e assim fazer a sua transição. Só que o nosso planeta corre um grande perigo de sumir do universo.

Então, cabe a Liga da Justiça tentar interceder pela Terra e ao mesmo tempo, tentar entender o que está acontecendo e assim auxiliar os alienígenas em sua busca pelo paraíso. Porque eles não são verdadeiros "vilões", eles só querem achar um caminho seguro para repousar. Logo, a Liga percebe o quão grandioso é o universo e que eles não passam de pequenas partículas que o compõe. Sendo que, muitos dos membros da Liga são considerados como deuses, todos ficam estupefatos quando percebem que são tão pequenos em relação ao que estão vivenciando.
Em meio a isso, nos é mostrado diversos tipos de crença, religião, questões existenciais, tudo de uma maneira simples sem tomar partido de uma ou de outra. Cada membro da Liga tem ponto de vista, assim como cada indivíduo do universo apresentado. Na aventura, os membros da Liga vão passando por vários e vários mundos, e assim conhecendo outras culturas e religiões. E que apesar de tantas diferenças, existem também tantas semelhanças. Mark Waid consegue fazer uma baita reflexão aqui, nós mostrando o quão vasto são as possibilidades, e que há tantas formas e pontos de vista tão diferentes sobre a vida e morte.
É sem dúvida uma das mais grandiosas obras da LJA, onde nos proporciona uma leitura diferenciada e altamente reflexiva. O final da trama fecha com perfeição, pois conseguimos entender o medo dos Alienígenas em ver o seu ciclo chegando ao fim, e que independente do seu tamanho, todos fazemos parte do mesmo universo, todos estamos sob o mesmo céu. E quem melhor do que a Liga da Justiça para mostrar isso, já que em seu time há seres de todos os cantos do universo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...