domingo, 6 de janeiro de 2013

▬ Batman, O Filho do Demônio - ( Batman - Son of The Demon, 1987)

Roteiro: Mikee W. Barr
Arte: Jerry Bingham

Esta é uma das melhores histórias que eu tive a oportunidade de ler do Morcego. Nela vemos um pouco mais da parte da vida pessoal do Batman, melhor dizendo, podemos o ver dando uma chance a si mesmo de ser feliz, de amar alguém, que nesse caso é Talia , filho de um dos seus maiores inimigos, o terrível Ra’s Al Ghul.

Por conta de um acontecimento envolvendo um terrorista, que acaba por se tornar um inimigo em comum entre o Batman e Ra’s, os dois acabam que por fazer uma aliança para derrota-lo, e consequentemente ocorre uma aproximação ainda maior entre ele e Talia. Conforme a história se desenrola, o Morcego passa a se questionar a si mesmo, se ele pode dar uma chance ao amor que sente por Talia ou não, e ele acaba por deixar o sentimento crescer e dá uma oportunidade para ambos. A questão fica ainda mais em evidência quando Talia, diz que está grávida, e que o Batman será pai. Essa idéia traz toda uma sensação de felicidade, algo que o Morcego se priva quase que todo o tempo. Muitas coisas começam a permear a sua cabeça, como por exemplo, o nome que vão dar a criança, como ela irá crescer que ela será a criança mais feliz do mundo. 
Ver esse lado afetivo do Batman aparecer é interessante, pois afinal, se todas as pessoas podem ter uma ‘vida’, por que Batman, Bruce Wayne também não pode desfrutar de tal?  Outro ponto a ser ressaltado é o tratamento e o respeito entre Batman e Ra’s Al Ghul, ambos com aquela aliança momentânea, agindo juntos, mas sempre com um pé atrás um com o outro, mas o respeito mútuo deles faz com que os diálogos entre os mesmos sejam magníficos.
É uma história que conta com um belo roteiro, e uma arte belíssima, (e também um pouco polêmica, já que a DC deixou essa história de lado, para não afetar a cronologia do herói com esse papo de filho, mas Grant Morrison voltaria a bater nessa tecla muitos anos depois) que acaba por nos mostrar que muitas vezes o legado, o caminho que escolhemos é maior que nossos desejos pessoais, como o símbolo do Batman ser maior do que Bruce Wayne, e às vezes não dê para se desvincular disso, ter de lutar contra seus próprios demônios.

" - Batman, parece que você passou por momentos difíceis. Está tudo bem?
- Não.
- Quer conversar a respeito?
- Não.
- Bem, cuide-se. É melhor se abrigar, pois parece que vem uma tempestade por aí.
- Comissário...ela já chegou. " 

10 comentários:

  1. Amo essa obra....acho que está entre as melhores que li do homem-morcego.


    Roteiro belíssimo mesmo e com arte genial.


    Parabéns pela lembrança de uma obra tão pouco citada pela mídia em geral.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo contigo Renato.
      É uma das melhores do Morcego, é marcante!

      Opa,estamos aqui para isso mesmo. rs
      Obrigado pelo comentário! Grande abraço!

      Excluir
  2. OLá! Tudo bem? Espero que sim.
    quando essa obra começou a sair por aqui, já fiquei meio que entusiasmado. Agora eu preciso obtê-la, já que venho comprando duas edições de "A Sombra do Batman" e nele consta HQs com o filho dele.
    Abraços, boa semana!

    Fabiano Caldeira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, tudo tranquilo, e contigo Fabiano?

      Sim, essa HQ é muito boa.
      Olha eu recomendaria você pegar esta, Filho do Demônio, e também mais dois encadernados que são, Batman e Filho, Batman Luva Negra. Nessas HQs é onde Morrison volta a tocar neste ponto e introduz o Damian ao universo do Morcego. São muito legais, ambas as obras.

      Abraço!

      Excluir
  3. Respostas
    1. Caramba a edição da abril? Isso é raro hein Kleiton!
      Eu comprei essa edição da Panini em outubro, e já não se encontra mais para venda..

      Excluir
  4. Olá! Adorei seu blog, muito criativo! Também tenho um blog e gostaria que vc desse uma olhada. O endereço é: http://www.criticaretro.blogspot.com/ Passe por lá! Lê ^_^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, muito obrigado mesmo pelo comentário e pelo elogio!
      Já fui até o seu blog e gostei muito! *-*

      Venha aqui mais vezes!
      Beijo.

      Excluir
  5. Caraca, daora.
    Já está na minha lista de empréstimo que o senhor me fará em breve. rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é HQ é muito boa, não tem enrolação, é demais.

      Claro, a "bibliotequinha" está a disposição, sempre. rs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...